quinta-feira, 23 de março de 2017

Menopausa e como ela afeta você...

Para quem não me conhece, sou a Mel - tenho 55 anos e esta foto aí de cima foi tirada em um momento íntimo com meu marido pouco tempo atrás enquanto estávamos conversando sobre os sinais que o tempo produz em nosso rosto e corpo e o quanto isso nos (ou seria melhor dizer ME) afeta. Foto feita por ele  no momento em que passo os cremes em meu rosto para "tentar" retardar o envelhecimento.

Por volta dos meus 47/48 anos, comecei a acordar com o travesseiro encharcado de suor. Parecia que eu tinha tomado banho pois meus cabelos estavam completamente molhados, mesmo eu dormindo com ar condicionado em torno dos 20ºC. Na visita feita à minha ginecologista, ela me recomendou que começasse a utilizar o método de reposição hormonal - já havia ouvido falar bastante sobre isto, pesquisado na internet os prós e contras e não tinha uma opinião formada sobre o assunto. Como ela me acompanhava a vários anos, ouvi com atenção, sentei com meu marido e ouvi sua opinião e resolvi adotar o método - método este que me acompanha desde então (cerca de 8 anos).

Entre os sintomas da menopausa, reuni os que estavam na página do MDSAÚDE e que me atacaram de frente, que são:
  1. Suores noturnos - senti muito antes de iniciar a reposição hormonal.
  2. Distúrbios do sono - sempre tive. Nunca percebi que estivesse ligado à menopausa. Tomo medicamento para dormir e tenho um sono muito agitado, acordo várias vezes e muito cedo. Tentei "desmamar" quando vim para Portugal mas é o mais difícil.
  3. Menstruação irregular - quando iniciei a reposição hormonal, já quase não menstruava - era aquela "borra de café" que invariavelmente resolvia aparecer.
  4. Depressão - como a menopausa apareceu num período tumultuado em que minha mãe também estava doente, também não percebi que estivesse ligada à menopausa. Infelizmente fiquei tomando anti-depressivos durante muitos anos e só consegui "desmamar" cerca de 8 meses atrás quando me mudei para Portugal.
  5. Ansiedade - sempre tive, desde que me conheço por gente. Sou extremamente ansiosa e detesto que as coisas não saiam como espero.
  6. Alterações de humor - em geral tenho o mesmo humor - se estou chateada, dificilmente vou ficar alegre. No geral, sou uma pessoa alegre e feliz.
  7. Secura vaginal - geralmente ocorre no climatério (antes de você não menstruar mais) e pela deficiência do estrogênio. Um creme lubrificante sempre vai ajudar. Depois da última menstruação, você nem vai se lembrar disso.
  8. Redução da libido - em função da secura vaginal, algumas mulheres se negam a ter relação com medo de sentir dor. Vai depender do parceiro e da paciência dele em te ajudar.
  9. Memória fraca - é também em decorrência da diminuição do estrogênio. Mais comum se você estiver deprimida ou cansada. Eu acho que sempre tive memória fraca!  😂 hahahahahahaah
  10. Dificuldade na concentração - é óbvio que se você estiver fazendo algo que te interesse muito, você consegue se concentrar. Não tive dificuldade de concentração apesar de também estar ligado à baixa de estrogênio.
  11. Dor nas articulações - eu sempre malhei muito e só parei depois que vim para Portugal. Também ligado à baixa de estrogênio, atinge a maioria das mulheres. Digo que estou ficando "crocante" pois cada passo que dou faz CROC, CROC... 
  12. Pele seca - é o danado do estrogênio atacando outra vez! Cremes! Muitos cremes de manhã, de tarde e à noite! Vamos falar sobre isso depois, mas a sensação é de que a cara da gente está se dissolvendo! 😨
  13. Queda de cabelo - causada por quem? Falta de estrogênio, claro! Tem cabelo meu para tudo que é lado! Cabelo seco, quebradiço... nunca foi bom (eu confesso!) mas tem cabelo meu até na flor que meu marido planta na varanda de casa.
  14. Unhas fracas - Disso não posso me queixar... no Brasil eu tinha sérios problemas com minhas cutículas e precisava que tirassem sangue para eu achar que não tinha nenhuma pele me machucando. Aqui em Portugal, tentei fazer unhas de gel mas minhas unhas crescem muito rápido e acabei desistindo - numa outra hora vou mostrar para vocês como conviver sem tirar cutículas e manter as unhas sempre bonitas, limpas e aparadas.
  15. Ganho de Peso - eu era muitoooooo magra quando era menina! Com 20 anos eu tinha 1.65m e 45kg! Aos 40 anos cheguei ao meu peso excelente e foi quando estava mais bonita - pesava 55kg. Hoje estou pesando 67kg roubados! Ou seja, engordei pra burro com a menopausa!
  16. Desequilíbrio e tonturas - fato! E adivinhe quem é o vilão? Estrogênio, claro! Ano passado mesmo tive sério problema de vertigens - hoje acordei um pouco tonta como se alguém estivesse puxando a calçada enquanto caminho. Percebo que isto está ligado ao meu sistema nervoso - se estou mais ansiosa, piora.
No site da Pfizer, encontrei alguns mitos e verdades sobre a reposição hormonal, que são:

A reposição hormonal auxilia no tratamento da osteoporose VERDADE
Sim, pois a reposição estrogênica previne a perda de massa óssea que pode aumentar em até 30% após a menopausa, diminuindo risco de fraturas.
A reposição hormonal é benéfica em caso de doenças cardiovasculares VERDADE
Sim, a TRH inibe a formação da placa de ateroma ao reduzir os níveis de colesterol total e da fração LDL, conhecido como o “colesterol ruim”.
Toda mulher na menopausa precisa fazer terapia de reposição hormonal MITO
Não. Para cada mulher é recomendado um tipo de medicamento específico, em cada caso.
Sintomas como desconforto, ardor e infecções vaginais melhoram com o TRHVERDADE
Esses sintomas costumam ser amenizados a partir da terapia hormonal indicada pelo ginecologista
A terapia hormonal aumenta as chances de adquirir um câncer de endométrio DEPENDE
A mulher que tem útero e faz reposição hormonal com estrógeno sem associar progesterona tem risco muito aumentado de desenvolver esse tipo de câncer.

Ou seja, pelo sim, pelo não, vale o que seu médico(a) de confiança lhe disser e que você esteja a vontade com isso. Eu faço reposição hormonal há 8 anos. Faço anualmente todo check-up, eco-mamária, análises clínicas e do coração, etc. Não me arrependo de ter iniciado a reposição hormonal e não tenho ideia até quantos anos será feita - é uma simples pílula que tomo pela manhã, diariamente. E conforme você pode ter notado acima, acho que só obtive benefícios com a reposição. Porém cada caso é um caso e SEMPRE consulte seu médico - não tente seguir o que lê na internet ou se auto-medicar pois isto pode trazer consequências muito desagradáveis e até levar a morte.

Uma das coisas que vem me incomodando bastante é a rapidez com que envelhecemos. A pele do rosto e do corpo parece que não acompanham a cabeça da gente - parece que vamos "dissolvendo". É um termo ruim mas infelizmente é assim que me sinto na maioria das vezes. Sei que não podemos ficar com cara de mocinha o resto da vida, mas a danada da papada é uma coisa que me aborrece profundamente e que tão logo eu possa, vou mandar ela para o espaço e fazer um lifting de rosto! 😂

Um beijinho carinhoso e espero que tenha ajudado você de alguma forma.

Mel

2 comentários:

CLAUDIA disse...

...SEMPRE BOM SABER......

Anônimo disse...

Na próxima foto eu capricho mais e ficaremos lindos....com cabelo branco e rugas, mas feliz por poder aproveitar essa vida um pouco.....Meee Toooo minha linda...!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...